Anmitsu

Anmitsu e uma sobremesa geladinha. Eu não sei qual é exatamente a origem desse doce, mas ela é bem popular por aqui [e é fácil fácil de se encontrar no Brasil também – pelo menos, em São Paulo].

Basicamente, o anmistu é uma salada de frutas com anko, kanten [opcional] e sorvete. Ou seja, cada um faz do jeito que gosta.

E agora, a tradução:

Anko
[Lê-se “ankô”]

O famoso doce de feijão. Aquele, que um monte de gente nem experimenta por puro preconceito, só porque dizem que é feito de feijão. Oi, não é o feijão que se come com arroz não. É o feijão azuki, que é menor que o feijão que se come na culinária brasileira, além de ser vermelho e ter o sabor totalmente diferente [ele é adocicado, então é muito natural que se faça doce com ele – tem até kit kat recheado com azuki por aqui! – se bem que eu nem curto azuki com doce “moderno”; prefiro nos tradicionais mesmo]. Só que ele é uma leguminosa [sabe? nasce em vagens e talz], da mesma família que o carioquinha, o preto… mas é TOTALMENTE diferente. Dá pra fazer prato salgado com ele, mas eu, pessoalmente, prefiro em doce.

Do azuki é feito o anko [ou pasta de feijão], e eu conheço três variedades bem comuns: o lisinho, bem cremoso, a pasta é toda uniforme que eu chamo de “anko liso” [ADORO]; o que tem pedaços de feijão que eu, bem leigamente, chamo de “Anko pedaçudo” [quando não tá muuuito pedaçudo eu até encaro] e o líquido, que, além de líquido, tem a versão cremosa e pedaçuda [d-e-t-e-s-t-o as duas versões].

O “an” de “anmitsu” vem do “an” de “anko”.

Kanten
[Lê-se “kantén”]

Eu não sei descrever isso exatamente, mas é basicamente uma gelatina praticamente sem sabor [é adocicado, mas beeeem pouquinho], à base de uma substância extraída de várias algas [parece que o pessoal chama de “ágar-ágar” – nem sabia; acabei de descobrir]. Só sei que se não tem nenhum sabor, ele é transparente, mas dá para deixar o bichinho colorido, adicionando sabores [não sendo o de café, que não gostei, mando para dentro qualquer outro sabor; kanten r0x].

Enfim, como eu já disse, cada um faz o anmistu de um jeito. O que eu mais gosto é assim [todas as frutas em cubinhos, para facilitar na hora de comer]:

*1 bola bem generosa de sorvete [de baunilha, de nata ou de chá verde];
*cubinhos de kanten [trasparentes ou coloridos, tanto faz];
*morangos [quanto mais, melhor!];
*kiwi;
*melão [de preferência, o japonês alaranjado, para dar um colorido];
*fatias de maçã com casca [exceção; maçã eu prefiro em fatia do que em cubinhos];
*mamão;
*pêssego em calda;
*marshmallows pequenos;
*anko lisinho, cremoso.

Aqui no Japão eu também coloco [vou chorar quando voltar ao Brasil e não encontrar isso no mercado]:
*framboesa [com amora também deve ficar bom];
*blueberries.

Faz tempo que não faço anmitsu -nem tenho todos os ingredientes em casa [e tô com uma preguiça MÓRBIDA de ir ao mercado =p]-, mas eis algumas fotos de várias versões dele. *__*

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: